quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Mais uma de amor.

Tenho a impressão de que quando a gente diz:
"Se amanha não for nada disso, caberá só a mim esquecer.."
a gente não acredita que amanhã pode realmente 
não ser nada disso.

7 comentários:

  1. Ainda há a esperança, sim, de que o amanhã traga uma notícia boa.
    Adoro essa música do Lulu Santos, o Nx Zero até regravou. Traduz muito bem o que passa com os apaixonados. Lembro-me de ouvir bastante essa música uma época atrás. Gostava também daquela que dizia: "Poderia o deserto atravessar sob o sol e a noite sem luar do que meu braço a torcer que você não está, que você não vem. Faça-me um favor: Volta para mim".
    Mas não aconselho que escute ela... é triste. Pelo menos para mim. Traz uma torrente de momento difíceis os quais passei. Mas fora isso, é linda a canção.

    ResponderExcluir
  2. Hehehe Lívia tu é mesmo revigorante, até quando te sentes cansada. Esse tom filosófico diz, que tu ja olhou pra cima. Legalll!
    Blogs, nem sempre tem só um fim -literário- você sabe,a vida é feita
    de detalhes,não de conformidades.

    Gostei disso.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  3. A gente fala é da boca para fora ..

    ResponderExcluir
  4. É Livia,
    Acho muito triste quando temos que falar ou até mesmo mostrar coisas que sabemos que há algo por trás que pode e vai interferir, de alguma maneira, em nossos relacionamentos. Hoje em dia,o que mais se vê são máscaras. Mesmo fora de tempos de carnaval e tudo mais, as pessoas insistem em usar máscaras que podem beneficiá-las de algum jeito. É dificil você viver em um mundo em que não sabe em quem pode acreditar ou até mesmo a quem pode dar seus sentimentos. Entretanto, dia após dia, temos que construir a nossa felicidade. Um pouquinho por dia já faz muita diferença.

    Espero que isso não acabe com a sua esperança, a minha é pouca, mas continuo mantendo-a viva.

    Um grande beijo, com muito carinho,

    Pedro

    ResponderExcluir
  5. Li boa parte dos seus textos como quem leva um soco no estômago, num fôlego só, numa dor só, numa falta de ar só. É impossível atravessar suas palavras sem sentir um par de emoções. Adorei tudo por aqui.
    Beijos, Deyse.

    ResponderExcluir
  6. Olá :]
    Gostei muito do seu blog e estou te seguindo, se puder passa no meu blog para conhecer..
    Um beijão
    http://palavrasaoventoo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Esquecer ou tentar viver. Temos que ser assim, flor. É difícil, mas sempre temos que nos reerguer. ^^

    Beijos

    ResponderExcluir